Denervação por Rádio-frequência

22/10/2009 01:49:27

Caso haja confirmação, através de bloqueios facetários, de que sua dor é proveniente da faceta articular, uma opção de tratamento não-cirúrgico é a denervação por radiofrequência. Neste tratamento, um pequeno nervo chamado de RAMO MEDIAL, responsável pela sensação de dor originada na coluna, é "desligado" com auxílio de um aparelho GERADOR DE RADIOFREQUENCIA.



Preparação para denervação por Radiofrequência





  • Você deve estar em jejum a partir da meia-noite, antes do procedimento.

  • Se você é mulher em idade fértil, tenha certeza de que você não está grávida antes do procedimento.

  • Tome suas medicações habituais para outros problemas (pressão, diabetes, colesterol) normalmente.




O que acontece durante a denervação.



Para um procedimento envolvendo a região lombar e as pernas, você será posicionado sob o aparelho intensificador deitado sobre seu abdomen, se o problema for cervical, você deitará sobre as costas.



Após a anesteia da pele, uma agulha fina é posicionada, com auxílio de imagens através do intensificador de imagens até as proximidades do nervo a ser examinado. Uma pequena quantidade de contraste é injetada, para confirmar a posição da agulha, seguida da solução de medicamentos.



Este procedimento leve cerca de 30 minutos, e é realizado com auxílo de sedação anestésica, para seu maior conforto. Após anestesia da pele, um eletrodo é introduzido até as proximidades do ramo medial, geralmente em mais de um ponto na coluna. Este eletrodo é conectado ao gerador de radiofrequencia, que desativa o nervo em questão.



Após um período de observação de 20-30 minutos, na sala de recuperação, você poderá voltar para casa. Recomendamos que você tenha algum acompanhante, caso haja sintomas com dor local, tontura, ou fraqueza na perna, em decorrência do anestésico.



Após a infiltração, você poderá aplicar gelo sobre o local infiltrado, para aliviar o desconforto da injeção.